Fundos de Investimento – O que é e Como Funciona

por | 28 de Fevereiro de 2016

Fundos de investimento são uma forma de aplicação financeira. Os fundos de investimento são constituídos por um condomínio que segue seu regulamento e objetiva a realização de investimentos financeiros com a aplicação coletiva de recursos dos investidores participantes.  Os fundos captam e investem recursos no mercado financeiro.

Os fundos de investimento são uma modalidade coletiva de investimento. Um fundo é organizado sob a forma de condomínio, e seu patrimônio é dividido em cotas, cujo valor é calculado por meio da divisão do patrimônio líquido pelo número de cotas do fundo.

Como são Organizados os fundos de investimento

o-que-é-fundo-de-investimento

A organização dos fundos de investimento pode ser feita com condomínios abertos ou fechados. Na forma aberta, permiti-se a entrada de novos cotistas, e conforme o regulamento de cada fundo, também permite-se o aumento da participação dos cotistas com novos investimentos. Nos fundos abertos, a saída de cotistas é permitida. A saída ocorre pelo resgate de cotas, ou seja, a venda de ativos do fundo para a entrega do valor correspondente ao cotista que solicitou resgate. O cotista também pode apenas solicitar um resgate parcial das cotas e seguir como cotista do fundo.

Nos fundos de investimento com condomínios fechados, não se prevê a entrada e saída de cotistas. Depois de o fundo ter seu período de captação de recursos, novos cotistas não são admitidos. Em princípio, também não são programados novos investimentos pelos cotistas, entretanto, novas fases de investimento podem ser instituídas. Se o cotista quiser resgatar suas cotas antes do tempo previsto, não é admitido o resgate diretamente pelo fundo. Com isso, o cotista precisa vender suas cotas a terceiros caso queira encerrar sua participação antes do encerramento do investimento. Se assim quiser e o regulamente permitir, o cotista também pode vender apenas parte de suas cotas.

Fundos de investimento – funções dos atores

No fundo de investimento, diversos atores desempenham funções diferentes. Há as funções de administrador, distribuidor, custodiante e gestor. Essas funções estruturais podem ser atribuídas para diferentes empresas, ou uma única empresa pode ser responsável por todas as funções.

O distribuidor é responsável por oferecer o fundo ao mercado, o custodiante guarda os recursos e os títulos investidos, o administrador organiza o condomínio, e o gestor decide sobre os investimentos do fundo. Também existe a importante participação de um outro agente  na defesa dos interesses dos investidores. Trata-se do auditor independente, que examina o balanço social do fundo para conferir a veracidade e exatidão das informações prestadas.

Pontos favoráveis

A diversificação dos investimentos é uma premissa que o investidor deve levar em conta em seus investimentos. Os fundos de investimentos representam uma das várias alternativas de investimento que o investidor pode escolher no intuito de diversificar sua carteira de investimentos.

Entre os pontos favoráveis dos fundos de investimento, destaca-se a oportunidade de ter-se acesso, através do fundo, a determinados tipos de investimento que normalmente o investidor poderia ter mais restrições de acesso ou impossibilidade de acessá-los diretamente. Por exemplo, investimentos em moeda estrangeira, títulos de dívidas corporativas e investimentos em empresas promissoras.

Riscos e inconveniências

Antes de investir em um fundo, o investidor deve analisar não apenas seus eventuais benefícios, mas principalmente seus riscos e inconveniências. É indicado ler com atenção o prospecto, regulamento e outros documentos disponibilizados pelos fundos de investimento.

É prudente verificar a taxa de administração, a taxa de performance e a tributação, pois são fatores que podem deixar um fundo de investimento desvantajoso ou pouco interessante para o investidor. Todo investimento tem seus riscos, portanto, o risco de perda do capital investido também deve ser estudado com cuidado pelo investidor. Os riscos podem ser bem diferentes de acordo com as características de cada fundo de investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *