O que Você Precisa Saber Sobre Financiamento de Veículos

por | 28 de fevereiro de 2016

O financiamento de veículos pode ser a forma mais simples de conseguir trocar ou adquirir o carro novo. Mas, se o contratante de um financiamento se deixar levar pelo momento e não se atentar aos detalhes, tudo que conseguirá será uma dor de cabeça em longo prazo.Um financiamento é um contrato sério, que vai comprometer parte da renda e, nem sempre, vale a pena.

A facilidade em obter crédito é forma garantida de atrair clientes por parte das instituições financeiras. Não que o crédito seja um golpe – ele até mesmo ajuda muita gente que entra preparada nesse negócio -, é mais uma questão de entender o que o contrato diz. É fácil conseguir um financiamento ou um empréstimo. O problema é pagar e se manter fiel às parcelas.

Avalie os valores de forma geral

Os cuidados antes de financiar um automóvel

Antes de assinar um financiamento de veículos, pare e avalie os valores dentro de um todo. Saiba quanto pagaria à vista – inclusive insista em obter descontos nesse caso -, quanto pagará se financiar o veículo e, só então, cogite parcelar. Claro que pagar à vista não é opção – principalmente para quem busca saber sobre financiamentos -, e é aí que é mais importante a busca por mais informações, já que, em momentos de necessidade ou deslumbramento, nos permitimos aceitar propostas que causarão problemas no futuro.

Saiba detalhadamente como as taxas de juros funcionam

Se você chegou à conclusão de que o financiamento é a melhor forma de obter seu veículo, não ache que as fases de avaliação terminaram. É essencial pormenorizar as possibilidades junto ao agente – do banco ou financeira – para não ter surpresas. Saiba exatamente a taxa de juros aplicada sobre seu financiamento e procure no Código de Defesa do Consumidor se ela é, de fato, aplicável no seu caso.

Informe-se sobre mudanças nas tais taxas. Uma mudança pode fazer com que suas parcelas fiquem impraticáveis, mesmo que você tenha dedicado o valor do financiamento de forma correta mês a mês. Seu planejamento de pagamento pode ir por água abaixo se os juros subirem. Procure tendências de mercado e peça garantias de estabilidade ao fornecedor do crédito. Mesmo assim, sempre arredonde para cima o valor, assim estará preparado para qualquer eventualidade.

Você pode quitar antes e deixar o financiamento mais barato

Financiamento de veículos. Saiba como conseguir bons descontos ao quita-lo.

Ao iniciar um financiamento, é necessário estar preparado para problemas na hora de pagar as parcelas, principalmente em casos de contratos longos. Durante a vigência, podem acontecer contratempos, como perder o emprego e o pagamento fica comprometido. O ideal é ter sempre uma renda maior dedicada ao caso, para que isso não aconteça. Mas só guarde esse dinheiro como uma poupança emergencial geral, que salvaria sua pele em vários casos, como um pneu furado ou emergências médicas.

Se há a possibilidade de guardar mais dinheiro que seria dedicado ao financiamento, o ideal é quitar mais parcelas, o que resulta em uma redução dos juros. Quanto mais rápido o pagamento, mais barato fica o financiamento. Os imprevistos negativos podem acontecer ao longo dos pagamentos, mas coisas boas também podem chegar. No caso de um aumento, por exemplo, dedique-se a quitar mais rápido as parcelas.

Fique atento ao Código de Defesa do Consumidor

Conhecer seus direitos é a melhora arma que o consumidor possui. Nesse código que está listado o que você precisa saber sobre financiamento de veículos e qualquer outra aplicação financeira. Quando se sentar para negociar seu contrato, saberá se as taxas de juro da empresa estão fiéis ao que a lei permite e poderá descobrir se está entrando em uma enrascada. Os bancos e financeiras trabalham com amparos legais que permitem “burlar” dentro da lei as regras de financiamento. Fique atento.

Dê especial atenção ao artigo 52 do Código, que fala sobre os financiamentos. Facilidades como descontos nas parcelas para quem paga com antecedência são interessantes, mas também são usados para conseguir cobrar juros mais lucrativos – mas nem sempre, claro.

Os financiamentos são atrativos poderosos para realizar objetivos, e também são perigosos para o bolso. Siga as dicas e consiga um negócio, de fato, benéfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *